“Dosis sola facit venenum.” Paracelsus, 1538

quinta-feira, 8 de Setembro de 2011

Quais são as principais causas de morte?

Se colocarmos a questão a nível mundial, como muitos países não organizam estatísticas, os dados disponíveis sobre as principais causas de morte (resultam de estimativas feitas por países desenvolvidos ou organizações internacionais e) estão, provavelmente, longe da realidade, até porque algumas das doenças que mais matam nos países subdesenvolvidos estão particamente extintas ou são “facilmente” curáveis nos países desenvolvidos, pelo que, qualquer listagem das maiores causas de morte em países desenvolvidos é substancialmente diferente da listagem de um país subdesenvolvido. No entanto, parece consensual que, de longe, a principal causa de morte, a nível mundial, independentemente do grau de desenvolvimento dos países, é a interrupção da gravidez (vulgo aborto). De acordo com estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), apesar de este acto ser proibido pelas leis, pela religião e pela cultura de muitos povos, em 2003 terão morrido, por esta via, cerca de 46 milhões de seres humanos (42 milhões dos quais, resultantes de interrupções induzidas por opção da mulher ou da família (os restantes 4 milhões procederam de causa natural e designam-se por interrupções involuntárias). Estes números são tão elevados que, apesar de ser comum em muitos países agruparem-se várias causas de morte (por doenças do mesmo órgão ou sistema), ainda assim, em vários deles, a interrupção da gravidez encabeça a lista. Habitualmente (essencialmente por razões políticas, mas não só) as listas das principais causas de morte excluem a interrupção da gravidez. Na tabela seguinte listam-se, de acordo com as estimativas da OMS, as dez principais causas de morte (dados referentes ao ano de 2008, actualizados em Junho de 2011)
Causa de Morte Número de vítimas
1 Doenças isquémicas do coração 7 250 000
2 Doenças cerebrovasculares 6 150 000
3 Infecções respiratórias 3 460 000
4 Doenças pulmonares obstrutivas crónicas 3 280 000
5 Diarreia 2 460 000
6 Sida 1 780 000
7 Cancro da traqueia, pulmões e brônquios 1 390 000
8 Tuberculose 1 340 000
9 Diabetes 1 260 000
10 Acidentes de viação 1 210 000
Mas, como disse acima, estes números (por serem estimativas e não contagens reais) além de pouco credíveis, são números mundiais e não reflectem a realidade dos países mais desenvolvidos, onde, por exemplo, as mortes por diarreia, tuberculose ou sida apresentam números menos significativos. Na tabela abaixo, apresento os dados nacionais (das dez principais causas de morte) referentes a 2009 (actualizados em Setembro de 2010) retirados do Instituto Nacional de Estatística e da Direcção-Geral de Saúde, que, contrariamente aos números da OMS, não são estimativas mas contagens reais baseadas nas certidões de óbito.
Causa de Morte Número de vítimas
1 Doenças do aparelho circulatório 33 472
2 Cancro (todos os tipos) 24 397
3 Interrupção da gravidez 19 848
4 Doenças do aparelho respiratório 12 202
5 Doenças do aparelho digestivo 4 639
6 Diabetes 4 603
7 Lesões, envenenamentos e actos de violência 4 409
8 Doenças do aparelho genito-urinário 3 064
9 Doenças infecciosas e parasitárias 1 701
10 Suicídios 1 025
Por vezes tem interesse sabermos que doenças, em concreto, fazem mais vítimas mortais e este agrupar de dados (por exemplo, doenças do aparelho respiratório) não ajuda ao esclarecimento. Acontece que, em Portugal não há outros dados (credíveis) disponíveis. Por isso, termino este (já longo) texto com os dados referentes aos Estados Unidos (também contagens reais) seguramente, em termos de peso relativo de cada doença, não muito diferentes dos nossos. A tabela apresenta as vinte causas mais letais, no ano de 2009. Os dados são dos Centers for Disease Control and Prevention.
Causa de Morte Número de vítimas % do total
1 Interrupções da gravidez 1 212 350* 33,3
2 Cancro da traqueia, pulmões e brônquios 158 105 4,3
3 Enfarte do miocárdio 135 361 3,7
4 Alzheimer 78 889 2,2
5 Diabetes 68 504 1,9
6 Arteriosclerose 64 072 1,8
7 Gripe e Pneumonia 53 582 1,5
8 Cancro do cólon e do recto 52 462 1,4
9 Insuficiência renal 43 263 1,2
10 Cancro da mama 41 115 1,1
11 Suicídio 36 547 1
12 Cancro do pâncreas 35 872 1
13 Septicemias 35 587 1
14 Envenenamentos 30 504 0,8
15 Cirrose e doenças crónicas do fígado 30 444 0,8
16 Cancro da próstata 28 154 0,8
17 Quedas 24 834 0,7
18 Leucemia 22 697 0,6
19 Parkinson 20 552 0,6
20 Linfomas 20 363 0,6
*Dados de 2008. Cerca de metade das vítimas eram filhos de mães não residentes em território dos Estados Unidos.

Sem comentários: